RoboBanker e as Políticas de Investimento Institucionais

Um Robo-advisor customizado.

Existem vários providers de plataformas de robo-advisor no mercado nacional e internacional, e quase todos eles já vêm com a jornada do investidor pronta e a configuração para gestão de carteiras pouco flexíveis, e que dificilmente podem se adequar às diretrizes das políticas de investimento das instituições financeiras.

Uma das principais “dores” dos gestores de carteiras de investimento que optaram por uma plataforma de robo-advisor é: Como adequar nossa política de investimento a um robô?

Essas políticas são criadas pelo staff de gestores das instituições, políticas cujos parâmetros ou configurações são como um pilar institucional para se diferenciar das outras instituições e tentar sempre serem os melhores do mercado.

Ditas políticas incluem os diferentes tipos de perfil de risco do investidor, o valor do investimento assim como os prazos para ser calculados; da mesma forma as políticas devem respeitar o universo de ativos que a instituição opera, seja própria, de terceiros ou ambos, o peso de cada ativo segundo o perfil do investidor para sua carteira de investimento, o numero máximo ou mínimo de ativos segundo perfil, valor e prazo.

É uma equação complexa para um robo-advisor, para que possa administrar todos esses parâmetros e poder customizar o robô com a cara da política de investimentos da instituição financeira e oferecer a seus investidores.

É pensando nessa complexidade que o RoboBanker inclui na sua plataforma de robo-advisor um “manager” intuitivo para criar diversos parâmetros, chamado de “Admin” e permite que os próprios gestores ou inclusive os funcionários deles possam criar configurações complexas com pouco treinamento.

Dentro do Admin encontramos varias opções para configurar as políticas de investimento, chamadas de “Restrições” e as restrições incluem, restrições por Limite de Ativos, restrições por Tipo de Ativos e restrições por Grupo de Ativos.

As restrições por Limite de Ativos permitem criar uma nova restrição onde pode se definir um limite máximo ou mínimo de ativos, assim como definir o peso porcentual máximo por ativo em uma carteira; por exemplo, para investimentos de R$6.000 a carteira deve ter máximo 5 ativos e não mais que 25% por ativo. O RoboBanker equaciona dentro dos 5 ativos quais podem ter 25% e calcula os pesos respectivos para o resto de ativos, somando 100%  do investimento.

As restrições por Tipo de Ativo permitem criar diversos cenários como definir um ativo específico (ex.: Fundo XY) para determinado prazo, valor de investimento ou perfil de risco, da mesma forma também permite que um ativo determinado não seja alocado. Entre as opções desta restrição temos valor mínimo e máximo de investimento, peso mínimo e máximo do ativo na alocação e quantidade mínima e máxima do ativo na alocação.

As restrições por Grupo de Ativos também permitem criar vários cenários tomando em conta grupos de ativos, seja renda fixa, fundos, moedas, ações, multimercados, etc. Para esta restrição deve se criar antes os grupos de ativos por exemplo, risco A, risco B, debêntures, etc; por exemplo pode se criar uma restrição para valores determinados e prazos determinados será alocado tais e tais grupos de ativos.

Como comentado acima, o Admin permite criar grupos de ativos, e a criação de grupos tem seus próprios filtros como emissor, corretora, risco, stock, fund, bond,fx, cash, índex, derivative, cdb, lca, lci, tesouro, cra, cri, etc. Assim mesmo o Admin permite adicionar novos ativos também com seus próprios filtros, ou remover ativos.

Para todas as restrições é possível editar as mesmas, como modificar as variáveis criadas inicialmente, por alguma nova regra da instituição, pode remover ou desabilitar ou criar novas restrições. Da mesma forma ditas restrições podem ser criadas para uma carteira especifica, para um grupo de carteiras, por algum prazo definido de investimento, para um valor de investimento ou para todas as carteiras da instituição, o que seria uma restrição global.

Este tipo de customização ou configurações, é um valor agregado de grande importância para as instituições financeiras de investimento, que o RoboBanker oferece dentro do seu núcleo de alocação o Priority Driven Investing, além dos modulos Track and Balance, Bayes Distribution e Dynamic Betas, matéria para um próximo post.

Não pare por aí

Tem mais para explorar

O mundo se tornará mais digital…

Conforme temos comentado ultimamente, a digitalização dos serviços de wealth management é o caminho certo. Entrevista da Bloomberg (07/05/2020) a Amy Lo, Global Wealth Management

Fonte ACN

Coronavírus e o impacto nos Robo-Advisor

Definitivamente o mercado não será igual após a experiência do Covid-19, principalmente porque estamos ante a iminência de tudo automatizado e digital, o Codiv-19 ajudou